segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

Tchau, 2014; oi, 2015

Em 2014 criei o Radar e Reflexo e comecei a escrever para o Britfoot, portal que fala sobre o futebol no Reino Unido, link aqui http://www.futebolbritanico.com.br/

Em 2014 fui a um carnaval de rua pela primeira vez. Minha amiga Bruna ligou numa tarde de fevereiro e nos encontramos na Vila Madalena para acompanhar o bloco do Sargento Pimenta. Sim, os Beatles me acompanham até no Carnaval. No final do dia tomamos um banho de chuva e mesmo assim fomos acompanhando o bloco que passava cantando marchinhas de carnaval ou clássicos da música brasileira como "Chove Chuva", de Ben Jor, ideal para aquele momento.


"Chove chuva, chove sem parar..."

Em 2014 vi duas das exposições que mais queria, a do Stanley Kubrick e do David Bowie e assisti ao vivo todos os shows que sonhava. De apresentações no Lolapalloza ao Franz pela quarta vez e Arctic Monkeys pela primeira, entre outras.

Chegando com a Dani pra maratona de shows. "Uhuuu"

Em 2014 voltei a Campos do Jordão depois de três anos. Amo frio e ir pra lá no inverno foi maravilhoso, ainda mais com a temperatura variando entre 12 e 16 graus , o que é fantástico em país quente quase todo o ano. 

Em 2014 deixei de ser sedentária, de novo, hahaha. Comecei a fazer caminhadas três vezes por semana e o pontapé inicial foi lá em Campos, inspirada pela Grá e pela Vi.


Em 2014 eu vi uma Copa do Mundo de Futebol acontecer no meu país.

Em 2014 voltei a ler mais Filosofia, estudo que adoro, graças às aulas de Mídia e Poder e à Lizi, amiga pra vida toda, professora de Filosofia do Direito!


Em 2014 uma das pessoas que mais amo deu um susto na família, passou por uma cirurgia seríssima, mas muito bem sucedida e o Tio Silvio ganhou algumas pontes para aquele coração bater por mais muitos anos.


Em 2014 terminei as aulas da pós em Jornalismo, ainda preciso entregar a monografia, então falta pouco para mais um curso concluído!


Em 2014 comemorei meu aniversário em família no dia 25/09. Mesmo que eu não faça festinha, vá pra balada, minha mãe sempre faz um bolo para cantarmos parabéns e "não passar em branco" como ela costuma dizer. Dessa vez, foi minha tia madrinha que fez esse bolo (chocolate + morangos =  pura delícia de combinação que amo) e cantamos parabéns antes de eu ir comemorar também com Josh Homme e companhia no fantástico show do Queens of the Stone Age.


Bolo de aniversário feito pela Tia Silva. Huuummm
Pronta pra comemorar 3.2 com o QOTSA

Em 2014 comemorei o meu aniversário com amigos também, com um jantar delicioso e lindo preparado pela Grá, dois dias depois. Com entrada, prato principal, sobremesa, bolo e vinho. Ufa! E estava tudo maravilhoso! Rimos, brindamos, bebemos muito vinho, conversarmos por horas! 

AAAEEEEE. Amo muito!
E o melhor é tê-los comigo (família e amigos) durante o ano todo, não apenas em datas especiais, ainda mais porque me aguentam com as minhas chatices, críticas e dúvidas, ou seja, convivem com o pior que existe em mim. 

Em 2014 passei pela fase mais instável profissionalmente desde quando comecei a trabalhar.


Em 2014 não consegui o emprego que eu queria.


Em 2014 não viajei para todos os lugares que pretendia e não voltei a lugares em que sonhava estar de novo, aqui ou no exterior.


Mesmo que certos projetos, sonhos e afins não tenham dado certo, aproveitei cada segundo dos momentos bons, ótimos e incríveis e refleti sobre aqueles que não chegaram perto disso. E acredito que devemos curtir todos os momentos que aparecem, ainda que os mais desejados não tenham acontecido.


E que em 2015 aconteçam as viagens que não aconteceram.


Que os artistas que ainda não vi e alguns que já vi, voltem, pra eu vê-los em cima do palco.


Que o emprego que eu preciso e mereço me escolha.


Que eu tenha muita ideia, assuntos e reflexão para escrever aqui e  profissionalmente.


Que as amizades que chegaram se fortifiquem e as que duram anos continuem por muitos mais. 


Se algum amor chegar, aceito, se corresponder e me complementar.


E o que inesperado que faz bem não deixe de acontecer e surpreender em qualquer setor da minha vida.

2 comentários: