domingo, 21 de setembro de 2014

Minha lista de canções de amor

Estava arrumando a minha biblioteca e me deparei com o livro Alta Fidelidade, do Nick Hornby, famosa obra em que a personagem faz listas sobre diversos fatos de sua vida, quase todas embaladas com a trilha sonora perfeita para cada situação. 

Inspirada em Nicky Hornby, por eu gostar de listas e estar ouvindo Suede no momento, decidi listar as canções mais belas de amor. Sem ordem de preferência e atenta às músicas que falam do amor na mais plena realização, de forma sublime e que aquieta, sem cobranças e egoísmo, porque ali está sereno e tranquilo. Por este motivo, canções de amor dolorosas, porém, igualmente lindas, estarão de fora e podem entrar em outra lista que eu vier a fazer. 

The Wild Ones - Suede. A banda londrina mais falada neste blog. Inclusive, com destaque para The Wild Ones, quando falei sobre o álbum Dog Man Star. Considero esta música não apenas a melhor balada do britpop, mas uma belíssima canção de amor. Eu até caso com o homem que cantar esta música para mim, de preferência, dentro de uma cápsula da London Eye! Voltando à canção, Brett Anderson brinca com a voz e canta versos como Oh, if you stay/I´ll chase the rain blown/fears way/We'll shine like the morning/and sin in the sun/We'll be the wild ones/running with the dogs today/Se você ficar/ eu perseguirei a chuva pelos campos afora/ Nós brilharemos como a manhã e pecaremos ao sol/Se você ficar/ Nós seremos os únicos selvagens/Correndo com os cachorros hoje



Lovesong - The Cure. O próprio nome da canção a revela como "de amor". A letra descreve o estado de espírito do ser amado quando está perto de seu amor. Fala sobre a segurança, diversão e do sentir-se completo. A diva Adele gravou a música para o seu segundo disco, intitulado 21, que também vale conferir. Os versos falam por si. Whenever I'm alone with you/ You make me feel like I am home again/ Whenever I'm alone with you/You make me feel like I am whole again/Quando eu estou sozinho com você/Você me faz sentir como se eu estivesse em casa/Você me faz sentir completo de novo



Thank You - Led Zeppelin. Considero a música mais linda do Led, que tem outras belíssimas, mas Thank You é sublime e perfeita, com riff igualmente belo de Jimmy Page. Difícil escolher o verso que melhor descreve o amor para a banda, mas ficarei com o seguinte, que abre e encerra a canção: If the sun refused to shine/I would still be loving you/When mountains crumble to the sea/There'll still be you and me/Se o sol se recusasse a brilhar/Eu ainda estaria amando você/Quando as montanhas desmoronarem ao mar/Ainda haverá eu e você



Monte Castelo - Legião Urbana. O que dizer sobre uma música que narra o amor como o sentimento mais nobre e ainda traz versos de Camões? Verso decisivo: É só o amor/É só o amor/Que conhece o que é verdade/O amor é bom, não quer o mal/Não sente inveja ou se envaidece



Just Breathe - Pearl Jam. A voz única de Eddie Vedder impulsiona uma das melhores músicas do Pearl Jam. A banda é uma das minhas favoritas e algo que mais admiro é trocar significativamente o set list, de um show para o outro. Mas Just Breathe não pode ficar de fora e tive a sorte de ouvi-la em show realizado em São Paulo, em 2011. Destaco o refrão perfeito: Did I say that I need you?/Oh, did I say that I want you?/Oh, if I didn't I'm a fool you see/No one knows this more than me/Eu já disse que preciso de você?/ Eu já disse que eu quero você? Se eu não disse sou um tolo/Ninguém sabe disso mais do que eu, que me purifico



Nando Reis - All Star. O meu eterno favorito titã expressa a cumplicidade e a afinidade com o ser amado e o desejo de estar junto. A música foi feita para Cássia Eller e é com ela que ouviremos os versos de All Star: Estranho é gostar tanto do seu All Star azul/Estranho é pensar que o bairro das Laranjeiras/satisfeito sorri, quando chego ali e entro no elevador aperto o 12 que é o seu andar/não vejo a hora de te reencontrar/e continuar aquela conversa/que não terminamos ontem, ficou pra hoje



Maybe I´m Amazed - Paul McCartney. Quase impossível destacar apenas uma canção do "Sir". Inúmeras letras escritas por Paul fariam uma lista inteira sobre o amor, seja nos Beatles ou em carreira solo. Farei uma lista com as baladas mais lindas de autoria de McCa, mas para esta, escolho as inigualáveis Maybe I´m Amazed e My Love, abaixo. Versos escolhidos da primeira: Maybe I'm amazed at the way you love me all the time/Maybe I'm afraid/of the way I love you/Talvez eu esteja surpreso pelo jeito que você me ama o tempo todo/Talvez eu tenha medo do jeito que eu amo você. 



My Love - Paul MCcartney. Não é necessário discorrer tanto sobre alguém que é quase um poeta e faz de simples versos uma canção grandiosa para o amor da sua vida. Paul dedica My Love para Linda MCcartney e pude conferi-la, ao vivo, no melhor show da minha vida até hoje. De emocionar tais versos: And when I go away/I know my heart can stay with my love/It's understood/It's in the hands of my love/And my love does it good/E quando eu for embora/Eu sei que o meu coração pode ficar com meu amor/É compreensível/E meu amor faz isso muito bem.



O meu amor - Chico Buarque. Outro poeta da música e que fala sobre o amor com propriedade. O meu amor tem um jeito manso que é só seu/E que me deixa louca quando me beija a boca/A minha pele toda fica arrepiada/E me beija com calma e fundo/Até minh'alma se sentir beijada



Todo amor que houver nessa vida - Barão Vermelho. A banda tem mais de uma música de amor. Essa fala sobre o amor escancarado, intenso, mas que é prazeroso e se recusa a cair na rotina, embalada pela guitarra e bateria aceleradas, que dão o tom adequado para Cazuza soltar os seguintes versos: Eu quero a sorte de um amor tranqüilo/Com sabor de fruta mordida/Nós, na batida, no embalo da rede/Matando a sede na saliva


Nenhum comentário:

Postar um comentário